Arquivo: Produtividade

12 hábitos dos milionários que vão mudar sua vida em 12 meses ou menos

O caminho para o sucesso é tortuoso e cheio de falhas. A maioria das pessoas que atingiu o sucesso almejado pode dizer-lhe que a estrada para mudar de vida realmente não é fácil.

Se um dia você acordar e perceber que a sua vida não está tomando o rumo que gostaria, não se culpe por isso. Apenas pare, pense e aceite a responsabilidade de mudar o rumo que a sua vida deve tomar a partir de agora.

Fique ciente que nenhuma mudança nos resultados vem sem mudanças nas ações. Pensar o contrário seria insanidade. Mudar os hábitos, as ações, o plano pode ser crucial para alcançar os objetivos desejados.

Se aplicados disciplinadamente, os 12 hábitos a seguir vão mudar a sua vida em um período de 12 meses ou menos. Os resultados virão, acreditando ou não. Mas você tem que aplicá-los. Isso você pode começar a fazer imediatamente se quiser mudar sua vida e entrar no caminho para alcançar o sucesso:

1. Leia diariamente

“Daqui a cinco anos você estará bem próximo de ser a mesma pessoa que é hoje, exceto por duas coisas: os livros que ler e as pessoas de quem se aproximar.” ~ Charles Jones

Se quiser ter uma vida melhor tem que começar a tomar melhores decisões. Para isso você tem que ter melhor informações, mais insights e ideias que nunca teve antes.

Invista tempo para ler pelo menos 10 páginas de bons livros diariamente. Se você ler pelo menos um livro por semana, isso será cerca de 50 livros por ano. Dedicando tempo para ler os livros certos sobre as áreas que quer melhorar em sua vida, você pode mudar o seu destino.

Leia sobre tudo. Leia sobre finanças pessoais (reserve um tempo para aprender como ficar rico como os milionários fazem), sobre sua área de atuação, sobre investimentos, negócios, contabilidade, marketing, saúde, administração, motivação e tudo mais que for te ajudar a desenvolver as habilidades necessárias para prosperar, ou apenas que ajudem a pensar de maneira mais clara.

As ideias e informações dos livros, certamente, vão te ajudar a ter mais sucesso. Leia também de maneira recreativa. Dedique alguns minutos para ler um livro de ficção ou romance por alguns minutos antes de dormir.

Quanto mais você se educar, melhor suas decisões serão. Invista o seu dinheiro em você mesmo, na sua educação, em bons livros, no seu crescimento.

2. Coloque suas metas por escrito

“Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas nem às coisas.” ~ Albert Einstein

As pessoas de sucesso atribuem boa parte do seu êxito ao fato de escreverem quais são as suas metas para o ano. Metas bem escritas e detalhadas em um plano farão com que você tenha um sentido de direção e pensamento voltado para a ação.

É isso que é de fato o sucesso: ter os resultados esperados por meio das ações tomadas com base em metas escritas.

Anote suas metas em um caderno, no celular ou no computador e detalhe as atividades que precisa realizar para atingir esse objetivo.

Coloque também uma lista dos recursos necessários e como fará para consegui-los. Dê prazos e datas para as metas para que você se motive em atingi-las.

3. Dissolva relacionamentos com pessoas que te atrasam

“Eu aprendi que para crescer como pessoa é preciso me cercar de gente mais inteligente do que eu.” ~ William Shakespeare

Nem todo mundo tem hábitos e atividades que são favoráveis para o sucesso. Por que perder tempo com aquelas pessoas que dizem que você não vai conseguir perder peso nunca? Que desista de fazer dietas, que pare de perder tempo lendo tantos livros ou que você deveria sair mais para se divertir? Prefira se educar ao invés de se divertir.

Cortar as pessoas da sua vida de uma vez também pode deixá-las ressentidas. Procure fazer isso aos poucos, buscando novos lugares para frequentar que estejam mais de acordo com a sua nova maneira de pensar.

Use o tempo que gastava com essas pessoas para construir novos relacionamentos com pessoas que têm os mesmos objetivos que você.

Conheça pessoas da academia ou da atividade esportiva que pratica, em seminários da sua área de atuação, do trabalho, etc. Use também esse tempo com aqueles amigos que te apoiam e incentivam o seu sucesso.

4. Mantenha-se hidratado e exercite-se regularmente

Reserve algum tempo do seu dia para praticar alguma atividade física ao ar livre. O corpo é uma máquina feita para ser usada em conjunto com a natureza e ser exercitado para ser fortalecido.

No prazo de 12 meses é possível perder uma quantidade enorme de quilos, preparar-se para qualquer tipo de competição esportiva, modelar o corpo como deseja ou melhorar a sua qualidade no trabalho e na vida.

Não só ao final desse prazo, mas ao longo desse período todas as áreas da sua vida serão influenciadas por uma saúde mais blindada. Inclusive a área financeira.

Lembrar sempre de se manter hidratado antes, durante e depois das atividades físicas é fundamental, mas não é o bastante. É preciso ingerir pelo menos 2 litros de água por dia para manter o organismo hidratado e os nutrientes circulando.

Hidratação constante estimula também o cérebro a pensar mais claramente em soluções para os problemas, além de proporcionar mais criatividade para encontrar novas formas de ganhar dinheiro.

5. Inicie um plano de investimentos

No período de 12 meses você encontrará muitas formas de fazer dinheiro e lidar com sua carreira, esses hábitos irão sustentar seu desenvolvimento e evolução financeira.

Iniciar um plano de investimentos é fundamental para que nesse período de mudança de hábitos você possa assegurar sua estabilidade enquanto aprende a lidar com o dinheiro de forma saudável.

Comece a poupar uma parte do seu dinheiro em uma conta de investimento segura que garantirá um ganho fixo de rentabilidade no período de um ano.

É incrível como tudo fica mais fácil quando você lê diariamente, tem suas metas bem definidas, está rodeado de pessoas que te ajudam a seguir suas metas e está saudável e bem hidratado.

Poupar fica mais fácil quando não tem nenhum fator te influenciando negativamente para gastar todo o dinheiro. Comece a poupar e continue seguindo os hábitos nesse período de tempo, religiosamente.

6. Transforme seu carro em uma sala de aula

Ler diariamente é uma forma de aprendizado muito eficiente quando estamos no nosso lar e temos esse tempo para aprender uma coisa nova, mas a tecnologia mudou tanto a forma de ensino, que hoje nós podemos aproveitar o tempo de trajeto até o trabalho para escutar palestras, audiolivros e podcasts.

Seja no carro ou no transporte coletivo, sempre desperdiçamos cerca de 30 minutos a 2 ou 3 horas no trajeto para o trabalho, escola, faculdade. Tempo esse que pode ser utilizado para o aprendizado. Isso vai fazer uma grande diferença em um ano.

Já que perdemos no mínimo 1 hora por dia no trânsito, em um ano serão quase 270 horas desperdiçadas. Isso se você gastar apenas 1 hora no trajeto. Para quem gasta 3 horas isso sobe para quase 800 horas. É muito tempo perdido!

Outra vantagem é: como você estará atento ao que estiver ouvindo, não se estressará com o trânsito. Os grandes milionários fazem isso, indicam e repassam para seus filhos. Faça você também!

7. Pare de ver TV

Você deve estar pensando que isso é uma loucura, praticamente um absurdo! Isso se deve ao fato de o brasileiro estar acostumado a gastar em média 4 horas por dia vendo televisão (hábito tão inútil quanto colecionar quinquilharias).

Façamos mais uma conta para o período de 12 meses: 4 horas por dia x 365 = 1460 horas por ano. Agora, 1460 horas / 24 horas = 60 dias. Já percebeu que você pode estar gastando cerca de 60 dias ou 2 meses ou 1/6 do ano assistindo televisão?

Os milionários não assistem mais do que 1 ou 2 horas por dia de televisão, e não assistem de maneira alguma reality show. Isso é perda de tempo, é mais vantajoso cuidar da própria vida.

Gaste seu tempo com os amigos, vendo documentários, trabalhando nos seus projetos, se educando, lendo livros e fazendo cursos. Isso é o que vai mudar a sua vida em 12 meses, 2, 5, 10 anos, pra sempre!

8. Pratique falar em público

Um fator em comum dos milionários é que eles sabem expressar suas ideias. Para conseguir apoio, financiamento, investimentos, melhores amizades, atingir suas metas, repassar seus conhecimentos, todos buscam se aperfeiçoar na comunicação.

Isso vai mudar a forma como você consegue influenciar as pessoas para confiarem em você e no seu progresso. No prazo de 12 meses você pode se tornar uma pessoa muito mais comunicativa e apreciada. Comece a praticar apresentações, conversar com estranhos e vender suas ideias.

Tudo vai mudar quando você puder expressar para o maior número de pessoas possíveis que você tem um valor único e digno de ser reconhecido.

9. Pare de reclamar

Dentre tudo que você possa estar fazendo neste momento sobre sua vida, a coisa menos produtiva é reclamar.

Reclamar das dívidas, da desonestidade das pessoas, do preço da gasolina, disso, daquilo. Pare!

Esse também é o hábito mais fácil de mudar e que possui o maior impacto na sua vida. Você para de reclamar e imediatamente começa a pensar em formas de mudar suas ações para resolver seus problemas.

Os livros que você está lendo podem dar boas ideias sobre as ações necessárias para sair de onde está. Com sua saúde impecável, sua mentalidade também muda, esse é o poder do esporte e das atividades físicas.

Você vai ver como tudo para de parecer um problema quando você para de assistir televisão, para de se preocupar com os problemas dos outros e passa a buscar soluções para os seus nos livros, nos novos amigos, e quando você coloca tudo no seu plano de metas.

10. Aprenda uma nova habilidade

Pratique um esporte novo, aprenda a tocar um instrumento, aprenda a fazer negociações, a fazer artesanato, a ser mais produtivo.

Tente praticar uma nova por mês para ir pegando o gosto de aprender coisas novas. Ou apenas uma durante o ano todo para se tornar um especialista nisso.

Os milionários estão sempre aprendendo a melhorar e eles pagam caro por uma nova habilidade que possa trazer-lhes economia de tempo, lazer ou aumento nos lucros.

11. Começar um negócio

Poucas coisas vão te fazer tão bem e vão mudar tanto a pessoa que você é no período de 12 meses do que começar um negócio próprio. Esse negócio pode ser o seu propósito de vida e você não sabia até começar.

Criar um negócio a partir de alguma paixão, de um hobby, de uma das suas habilidades novas, é uma das coisas mais apaixonantes que você pode fazer. É até engraçado como você passa a seguir os passos anteriores como se fosse parte do seu negócio.

Você aprende sobre o ramo em que quer começar o negócio, busca pessoas com interesses em comum e dispostas a sucederem, se educa, cria metas, para de ver televisão, usa o tempo do trajeto do trabalho para aprender mais, para de reclamar e começa a comunicar suas ideias para todo mundo.

Parece até um caminho natural e de fato é. Começar um negócio não era o interesse de um jovem que fazia computadores por diversão, mas passou a ser após ele tratar isso como negócio. Hoje, Bill Gates é o homem mais rico do mundo com bilhões de dólares na conta.

Todo aspecto em você vai mudar quando você começar seu negócio. Enquanto você se dedica a ele, nunca vai perceber que está trabalhando porque você faria isso até de graça se fosse possível.

12. Procure oportunidades para ajudar os outros

“Se existe um único segredo do sucesso, ele está na capacidade de ver as coisas do ponto de vista da outra pessoa.” ~ Henry Ford

Na vida e nos negócios, procure sempre ajudar os outros. Isso vai mudar a sua percepção de como as outras pessoas pensam. Quando você para de se preocupar apenas com você e passa a se importar com as outras pessoas, sua vida muda.

Pense em sempre fazer o bem e encontrar maneiras de gerar riqueza para sua vida, não se esquecendo de recompensar o mundo com sua dedicação, doação, caridade, voluntarismo e sempre dando mais do que recebe.

Ao conhecer melhor as necessidades das pessoas, você poderá até transformar o problema das pessoas em um negócio lucrativo. Você poderá aumentar suas chances de criar um negócio de sucesso, ajudando outras pessoas.

De repente, você percebe uma oportunidade de ajudar muitas pessoas e receber uma recompensa proporcional em relação ao valor que você propiciou para a vida delas.

As pessoas vão dar-lhe espontaneamente o dinheiro delas ao perceberem que o que recebem em troca gera muito mais valor do que aquela quantia que estão pagando. Pense em ajudar as pessoas primeiro, se elas vão te pagar por isso é uma coisa delas.

Não significa que você deve trabalhar de graça. Apenas procure ajudar as pessoas, se isso for importante para você, terá a chance de encontrar oportunidades de fazer um negócio a partir disso.

Conclusões finais

Qualquer um pode ter o sucesso que espera na vida, independentemente do tempo que dispensa na busca. 12 meses é um período bastante razoável para conquistar um enorme ganho financeiro.

Para que você venha um dia a ser um milionário que começou do zero, você deve preparar o terreno para que sua vida financeira vá bem. Por isso, esses 12 hábitos mostram o que você pode fazer para mudar sua vida sem nenhum grande truque que te faça ganhar muito dinheiro de uma hora para outra.

Esses 12 hábitos dos milionários podem mudar mais a sua vida do que ganhar milhões na Mega-Sena.

A mudança para os hábitos corretos refletem diretamente no seu grau de sucesso. Quanto mais deles você cultivar, mais propenso ao sucesso você estará.

Não se esqueça: SUCESSO é previsível!

Artigo extraído e adaptado do site MUDE.NU.

_____________________________

Gostou? Compartilhe:

botão newsletter
Curta nossas redes sociais:
Conteúdo relacionado:

 

10 ações que você pode fazer hoje para simplificar sua vida

10 ações que você pode fazer hoje para simplificar sua vida

Simplificar as coisas algumas vezes pode ser estafante. A quantidade de informação que você tem na sua vida e a quantidade de coisas que você tem que fazer podem ser um grande desafio a ser enfrentado.

Mas você não precisa simplificar tudo de uma vez. Faça um pouco a cada dia, dê pequenos passos. Você vai chegar lá e, o melhor, divertindo-se com isso.

De fato, você pode fazer algumas pequenas, porém importantes, ações para começar a viver uma vida mais simples. São dez ações fáceis que você fazer hoje! Não amanhã, nem na semana que vem, nem no próximo mês. Hoje! Escolha uma para fazer hoje; amanhã, escolha outra.

Se você fizer essas 10 coisas, você terá um grande avanço com um pequeno esforço.

1. Faça uma pequena lista para simplificar sua vida

Pegue uma folha de papel e dobre em quatro pedaços.

Agora faça uma pequena lista com as quatro ou cinco coisas mais importantes da sua vida.

O que é mais importante para você? A que você dá mais valor? Quais são as quatro ou cinco coisas que você mais quer fazer na vida?

Simplificar começa com essas prioridades, já que você está tentando organizar sua vida para ter mais tempo para tais prioridades.

2. Livre-se de um compromisso

Pense em todas as coisas da sua vida com as quais você está comprometido e tente encontrar uma que não está valendo a pena fazer. Algo que leva tempo mas não agrega muito valor.

Talvez você esteja em um time, um treinamento, um comitê ou qualquer outra coisa. Algo que você faça regularmente mas que na verdade não quer mais fazer.

Agora tome a atitude de livrar-se desse compromisso. Ligue para alguém, mande um e-mail, avise a pessoa apropriada que você simplesmente não tem mais tempo. Você vai se sentir aliviado.

Eu recomendaria livrar-se de todos os compromissos que não estão contribuindo com a lista que você fez no item anterior. Mas, por hoje, apenas livre-se de um único compromisso para simplificar sua vida.

3. Organize uma gaveta

Ou uma prateleira ou um criado-mudo ou o canto de um quarto. Não o quarto inteiro ou o armário. Apenas uma pequena área.

Você pode usar essa pequena área como a sua base para simplificar e depois expandir.

Como organizar:

  • Primeiro, esvazie tudo da gaveta e coloque em uma pilha.
  • Depois, dessa pilha, separe apenas as coisas mais importantes, as coisas que você usa e ama.
  • Em terceiro lugar, livre-se do resto para simplificar cada vez mais. Agora mesmo! Jogue no lixo ou coloque no carro para você doar.
  • Por fim, coloque de volta de maneira ordenada as coisas que realmente você usa ou ama.

4. Determine limites

Basicamente, você deve estabelecer limites para coisas que faz regularmente: ler e-mails, RSS (facebook, twitter, etc), coisas na sua vida que você queira simplificar. Após estabelecidos, siga-os corretamente.

Hoje, tudo o que você tem a fazer é determinar limites para algumas poucas coisas a fim de simplificar mais e mais.

Amanhã, tente se manter dentro desses limites.

5. Simplificar sua lista de coisas a fazer

Dê uma olhada na sua lista de coisas a fazer. Se ela tem mais de dez itens, você provavelmente pode simplificar um pouco.

Tente encontrar pelo menos alguns itens que podem ser eliminados, delegados, automatizados, terceirizados ou ignorados. Diminua a lista. Esse é um hábito bom para fazer semanalmente, quem sabe na sua revisão semanal.

6. Aumente seu tempo livre

Simplificar sua vida geralmente é uma maneira para liberar tempo para as coisas que você realmente quer fazer.

Infelizmente, pode ser difícil encontrar tempo até mesmo para pensar como simplificar sua vida.

Se for esse o caso, libere pelo menos 30 minutos do seu dia para pensar sobre como simplificar. Ou use um final de semana para pensar sobre isso.

Como você pode liberar 30 minutos por dia?

Aqui vão algumas idéias:

  • acorde mais cedo
  • assista menos TV
  • almoce no trabalho
  • desconecte-se da internet
  • cheque o e-mail apenas uma vez por dia
  • desligue o telefone

7. Limpe sua mesa de trabalho

Uma mesa limpa pode trazer para você um incrível sentimento de organização e fluidez. É uma coisa tão simples e, ao mesmo tempo, pode fazer tanto por você.

Se sua mesa está coberta de papéis, notas e equipamentos, você pode não conseguir limpá-la ainda hoje. Mas aqui vão alguns pequenos passos:

  • Tire tudo da sua mesa e coloque em uma pilha
  • Processe a pilha de coisas do topo até o final, um item de cada vez.
  • Não adie a decisão sobre nenhum item. Lide com eles imediata e rapidamente
  • Para cada item, arquive, delegue, elimine ou anote na sua lista de coisas a fazer.
  • Se for um equipamento ou material de escritório, coloque numa gaveta ou livre-se deles
  • Repita o processo até que a pilha termine e sua mesa esteja limpa.
  • Sua mesa deve ter seu computador, uma pasta/caixa para documentos, talvez um caderno e quem sabe uma foto. Ah, uma mesa limpa!
  • A partir de agora, coloque tudo na pasta/caixa de documentos.
  • Pelo menos uma vez por dia, repita os passos anteriores

8. Limpe sua caixa de e-mail

Simplificar e limpar sua caixa de entrada de e-mails tem o mesmo efeito psicológico de limpar sua mesa de trabalho.

Sua caixa de entrada de e-mail está sempre cheia de mensagens lidas e não lidas? Muito provavelmente você está postergando decisões no seu e-mail. Se você tem, vamos dizer, 50 ou menos e-mails na sua caixa de entrada, você pode processar todos ainda hoje.

Se você tem centenas, deveria colocá-los em uma pasta temporária e processá-los um pouco a cada vez (faça uns 20 por dia).

Veja como processar sua caixa de entrada até limpá-la:

  • Processe as mensagens da mais recente para a mais antiga, uma de cada vez, decidindo o que fazer com cada uma delas imediatamente
  • Suas opções são: apagar, arquivar, responder imediatamente (e arquivar ou deletar depois), encaminhar (e depois arquivar ou deletar), ou marcar com uma estrela (ou algo do tipo) e colocar em uma pasta para responder depois (e arquivar)
  • Processe cada mensagem dessa forma até limpar a caixa de entrada
  • Cada vez que você checar seu e-mail, processe até esvaziar.
  • Ah, e-mails limpos!

9. Mova-se devagar

Nós corremos o dia todo, de uma tarefa para outra, de um compromisso para outro, até entrarmos em colapso, exaustos no fim do dia. Conhece a Síndrome de Burnout?

Em vez disso, você pode simplificar sua vida fazendo menos coisas e com mais tranquilidade.

Coma tranquilamente, dirija tranquilamente, ande tranquilamente, tome banho tranquilamente, trabalhe tranquilamente. Seja presente.

Isso não é algo que você vá dominar de uma hora para outra, mas você pode começar hoje mesmo.

10. Faça uma coisa de cada vez

Em vez de fazer múltiplas coisas ao mesmo tempo, faça uma de cada vez. Remova todas as distrações, resista à tentação de checar e-mail ou fazer uma tarefa rotineira enquanto você estiver fazendo uma tarefa importante. Isso vai fazer uma enorme diferença no seu nível de estresse e de produtividade.

Artigo extraído e adaptado do site MUDE.NU.

_____________________________

Conteúdo relacionado:
13 maus hábitos que o impedem de ser produtivo

13 maus hábitos que o impedem de ser produtivo

Ser mais produtivo está relacionado com ser mais inteligente na forma de trabalhar e não com trabalhar demais. Embora não seja fácil, é possível conseguir fazer mais em menos tempo se você parar de se sabotar com maus hábitos.

Vejam abaixo os 13 hábitos que se você parar de fazer imediatamente se tornará mais produtivo.

1. Impulso de navegar na web

Hoje em dia, quase todo mundo tem acesso à in­ternet no tra­balho. Com isso, fica fácil se distrair pro­curando uma coisa que se lembrou de re­pente. Para evitar isso,  anote esses pensa­mentos ou per­guntas em um bloco de notas. Assim, você termina o que estiver fazendo e pro­cura a in­for­mação que pre­tende em um momento mais oportuno, de preferência fora do horário de trabalho ou quando estiver mais tranquilo.

2. Multitasking (Várias tarefas ao mesmo tempo)

Em­bora muitas pes­soas pensem que con­se­guem fazer duas coisas ao mesmo tempo, vá­rias in­ves­ti­ga­ções ci­en­tí­ficas mos­traram que apenas 2% da po­pu­lação têm essa habilidade. Para os res­tantes, o mul­ti­tas­king é um mau há­bito que di­minui a ca­pa­ci­dade de con­cen­tração e nos torna menos pro­du­tivos.

3. Verificar o e-mail várias vezes ao dia

O acesso cons­tante à in­ternet também pode tentar as pes­soas a ve­ri­ficarem cons­tan­te­mente o e-mail. In­fe­liz­mente, a cada checagem, perde-se até 25 mi­nutos de tempo la­boral. Além disso, isso não é nada proveitoso, pois o e-mail geralmente contém inúmeras mensagens irrelevantes. Tente acessá-lo em horários específicos e cancele a notificação de chegada de mensagem.

4. Licença moral

Seja uma dieta nova, uma nova ro­tina de treino ou um ho­rário de tra­balho, uma das coisas que mais di­fi­cultam formar um novo há­bito é a ânsia de se “auto-premiar” com uma re­com­pensa por se con­cen­trar numa ro­tina du­rante muito tempo. Essa ideia de que “me­re­cemos” gastar di­nheiro numa re­feição ca­pri­chosa após uma longa se­mana pro­du­tiva chama-se “li­cença moral” (do in­glês moral li­cen­sing) e abala o plano de muitas pes­soas de se me­lho­rar. Torne seu ob­je­tivo uma parte da sua iden­ti­dade. Ao invés de pensar ser alguém que você não deseja ser, pense ser o tipo de pessoa que poupa di­nheiro e treina re­gu­lar­mente.

5. Deixar o trabalho mais importante para o final do dia

É fre­quente as pes­soas co­me­çarem o dia fazendo as ta­refas mais fá­ceis e dei­xando o tra­balho mais di­fícil para mais tarde. Isso não é nada produtivo e pode fazer com que o tra­balho mais im­por­tante nunca seja feito, ou seja feito em atraso, com pressa e sem a devida atenção. Como comprovado por vários pesquisadores, as pes­soas têm uma von­tade li­mi­tada, que vai di­mi­nuindo ao longo do dia. Por isso, é me­lhor re­a­lizar as ta­refas mais di­fí­ceis e importantes no início do dia.

6. Ter muitas reuniões

Nada con­segue in­ter­romper tanto a fluidez da pro­du­ti­vi­dade como uma reu­nião desnecessária. E com tantas fer­ra­mentas à mão como o e-mail, whatsapp e vi­de­o­cha­mada, é me­lhor deixar as reu­niões para apre­sen­ta­ções e dis­cus­sões im­por­tantes que têm mesmo que ser feitas pessoalmente. O fun­dador da Blu­e­Grace Lo­gis­tics, Bobby Harris, re­co­menda às pes­soas que evitem ir a reu­niões que não tenham sido agendadas com ho­rário definido e especificação ­do assunto e da duração da reu­nião. E, mesmo assim, Harris recomenda dizer a quem marcou a reunião que você possui me­tade do tempo solicitado.

7. Ficar sentado o dia todo

Ni­lofer Mer­chant, con­sul­tora de em­presas e au­tora do livro “A Nova forma de fazer. Cri­ando so­lu­ções em­pre­sa­riais por meio da es­tra­tégia co­la­bo­ra­tiva”, compar­ti­lhou em uma palestra TED a forma como ajudou grandes em­presas a de­sen­volverem novas ideias de su­cesso: com reu­niões ao ar livre. Mer­chant recomenda substituir as reu­niões em cafés ou salas de conferência com luzes fluorescentes por passeios em parques e locais ao ar livre. “Vocês ficarão surpreendidos pela forma como o ar fresco instiga “pen­sa­mentos frescos”, trazendo novas ideias para às nossas vidas”, afirma ela.

8. Acionar o botão ‘soneca’

Aci­onar esse botão logo de manhã pode dar a sen­sação de ga­nhar mais tempo para dormir, mas a re­a­li­dade é que esse botão faz mais mal do que pensa. Isso porque, quando você acorda, seu sis­tema en­dó­crino li­bera hor­mônios de pron­tidão que te ajudam a co­meçar o dia. Ao voltar a dormir, você atrapalha esse pro­cesso. Além disso, esses nove mi­nutos não dão ao seu corpo o sono re­pa­rador que pre­cisa. Ari­anna Huf­fington, no seu dis­curso TED, explica que uma boa noite de sono tem o poder de au­mentar a pro­du­ti­vi­dade, a fe­li­ci­dade, a to­mada de de­ci­sões mais in­te­li­gente e gerar me­lhores ideias. O truque para con­se­guir dormir mais é pla­nejar adiantadamente e ter uma noite de sono mais completa.

9. Falha em estabelecer prioridades

Al­gumas pes­soas pensam que ter muitos ob­je­tivos é a me­lhor forma de ga­rantir o su­cesso – se um deles fa­lhar, ainda restam ou­tras opções. In­fe­liz­mente, esse tipo de in­de­cisão pode ser ex­tre­ma­mente con­tra­pro­du­cente. Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo, tem o an­ti­doto per­feito. Ao ver que o seu piloto pes­soal não con­se­guia re­a­lizar seus ob­je­tivos de vida, Buffet aconselhou-o a fazer uma lista de 25 coisas que ele gos­taria de fazer antes de morrer. Mas em vez de tentar com­pletá-las uma a uma, Buffet pediu-lhe para es­co­lher as cinco que achasse mais im­por­tantes e ignorasse o resto.

10. Planejamento exagerado

Muitas pes­soas am­bi­ci­osas e or­ga­ni­zadas tentam au­mentar sua pro­du­ti­vi­dade fa­zendo um pla­nej­a­mento me­ti­cu­loso para cada hora do dia. In­fe­liz­mente, as coisas nem sempre acontecem como pla­ne­jamos, e bastam coisas como um filho do­ente ou uma ta­refa inesperada para de­sor­ga­nizar o dia todo. Em vez de fazer um pla­ne­ja­mento exaus­tivo, planeje apenas quatro ou cinco horas de tra­balho real todos os dias, para que possa ser mais fle­xível.

11. Pouco planejamento

De­dique um tempo para pla­nejar seus ob­je­tivos a longo prazo. Tentar chegar à fase final de um pro­jeto que ainda está na metade pode ser muito frus­trante e uma grande perda de tempo. O orador de Har­vard Ro­bert Pozen re­co­menda de­ter­minar pri­meiro o seu re­sul­tado final e traçar uma série de etapas para conquistá-lo. Assim que es­tiver na metade do processo, pode rever o seu tra­balho para se cer­ti­ficar de que está no ca­minho certo e ajustar o planejamento, se ne­ces­sário.

12. Colocar o celular perto da cama

As telas LED dos smartphones, ta­blets e pcs li­beram as chamadas luzes azuis, que vá­rios es­tudos já de­mons­traram que podem pro­vocar le­sões e su­primir a pro­dução de me­la­to­nina, um hor­mônio que ajuda a re­gular o ciclo do sono. A in­ves­ti­gação também su­gere que as pes­soas com baixos ní­veis de me­la­to­nina estão mais su­jeitas a so­frer de de­pressão.

13. Perfeccionismo

“A raiz da pro­cras­ti­nação é, mais ainda do que a pre­guiça, o medo de não fazer um bom tra­balho”, afirma o fi­ló­sofo e autor bri­tâ­nico Alain de Botton, em seu site The Book of Life. “Só co­me­çamos a tra­ba­lhar quando o medo de não fazer absolutamente nada ul­tra­passa o medo de não fazer algo muito bem… e isso pode de­morar algum tempo.”

A única forma de ul­tra­passar a pro­cras­ti­nação é aban­donar o per­fe­ci­o­nismo e não en­trar em pâ­nico por causa de por­me­nores à me­dida que vai avan­çando no tra­balho. Fingir que a ta­refa que tem para fazer não tem muita im­por­tância e que por isso não faz mal errar pode ajudá-lo a atirar-se ao tra­balho mais de­pressa.

Artigo extraído e adaptado do site Insider Pro.

_____________________________

Conteúdo relacionado:
Vida nova: Aprenda a mudar seus hábitos para melhor
Gostou? Compartilhe:

 

botão newsletter

 

Curta nossas redes sociais:

7 Excelentes maneiras para começar o seu dia corretamente

Começar o dia bem pode decidir realmente se este será um dia memorável para o resto da sua vida ou se você preferirá esquecê-lo para sempre. Cada dia é um presente e você só tem uma chance de vivê-lo. Por isso, faça este dia valer a pena!

1. MENTALIZE COISAS BOAS ANTES DE DORMIR

Isso é muito importante. Seus últimos pensamentos antes de ir dormir não só afetarão seu sono como alimentarão seu subconsciente enquanto você dorme. Muitos de nós só deita a cabeça no travesseiro quando estamos totalmente exaustos; tente ir pra cama antes disso, assim você poderá passar entre 15 e 20 minutos pensando em todas as coisas boas que aconteceram no seu dia e enviando pensamentos positivos a todos que você ama. Alimente-se de amor. Se você estiver deitado ao lado de alguém especial, diga a essa pessoa o quanto você a ama, quem sabe liste alguns motivos por que. Esta é uma prática simples, mas muito poderosa.

2. PROGRAME O ALARME COM TEMPO SUFICIENTE PARA ACORDAR

A maioria de nós programa o alarme ou o soneca para até o último minuto, quando precisamos pular da cama e nos arrumar correndo. Que ótima maneira de começar o dia! Permita-se pelo menos cinco minutos para acordar tranquilamente. Desligue o soneca, mas não durma! Use esse tempo para abrir os olhos, respirar, voltar pra terra e começar com tudo! A primeira coisa que você deve fazer – depois de abrir os olhos – é sorrir (mesmo que pareça forçado)! Então, ao invés de pensar algo negativo ou algum problema que você tem para resolver, liste 5 coisas pelas quais você é grato. Respirar é um bom começo, talvez esteja um lindo dia lá fora. Com o tempo, você perceberá que sua lista de gratidão aumentará cada vez mais. Aperte start e comece já!

3. PERMITA-SE PARAR POR 2-3 MINUTOS PARA IMAGINAR SEU DIA

Agora que você está se sentindo um pouco mais gratificado, separe alguns minutos para pensar sobre o seu dia e imaginar como você quer que ele seja.

– Apresentação às duas da tarde? Imagine-se apresentando tranquilamente e com segurança e autoconfiança. Visualize as pessoas sorrindo e assentindo em reconhecimento enquanto concordam com cada palavra que você diz.

– Encontro às 19h? Imagine e sinta grande energia entre vocês enquanto ambos riem e se elogiam.

– Muitas coisas para fazer antes do fim de semana? Imagine-se fazendo todas elas e riscando-as da sua lista de tarefas. E saindo do escritório com aquele ar de: “Fiz tudo que eu tinha pra fazer!”.

Assim que você tiver feito os passos 2 e 3 (isso não deve levar mais que 5 minutos), você estará pronto para colocar os pés no chão!

4. RECEBA ESTE DIA COM CARINHO E RECONHEÇA O QUÃO ESPECIAL ELE É

Enquanto você anda pela casa, agradeça pelo novo dia. Diga: “Este dia é especial e único!” Você nunca o viveu e não o viverá novamente, é isso que o faz tão especial. Por que todo dia não pode ser seu aniversário? Um dia cheio de amor e maravilhosas lembranças? Se o sol estiver brilhando, enxergue-o. Se estiver nublado, veja beleza nisso também. Ao passar um minuto elogiando o dia, você evitará aquele sentimento de que o tempo está voando, porque você o terá reconhecido e agradecido por ele.

5. TOME UM BANHO INSPIRADOR

Nós escovamos os dentes todas as manhãs e tomamos banho para retirar toda a sujeira física, mas e a limpeza emocional? O chuveiro é o melhor lugar pra fazer isso, pois a água funciona como um remédio natural que, ao passar pelo nosso corpo, parece curar-nos profundamente. Enquanto passa o sabonete… o xampu… o condicionador… use esse tempo para imaginar sua mente e seu corpo sendo purificados e todos os pensamentos negativos, dores e doenças sendo eliminados. Visualize seus problemas sendo retirados do seu corpo e indo para o ralo, literalmente. Depois, sinta uma luz branca limpando seu corpo e deixando apenas pensamentos positivos e bons sentimentos. Sorria e agradeça pelo novo dia!

6. GRAVE ALGUMAS AFIRMAÇÕES PARA TOCAR ENQUANTO SE VESTE

Estudos comprovam que ouvir gravações com afirmações é um método poderoso para realizar coisas como perder peso e melhorar os relacionamentos. Pense em qualquer área da sua vida que você gostaria de aprimorar e grave algumas afirmativas em seu celular. Então, coloque-as para tocar quando estiver no chuveiro ou se vestindo e deixe seu subconsciente fixá-las. Alguns exemplos podem ser:

  • Hoje será um dia mágico!
  • Eu tenho saúde e estou em forma. Por isso, prefiro nutrir meu corpo com comidas saudáveis.
  • O dia de hoje será altamente produtivo.
  • Hoje, me aproximarei das pessoas com confiança, amor e carinho. E elogiarei sempre que possível.

7. ABRA A PORTA PARA O DIA COM UMA AFIRMAÇÃO FINAL

Você está sorrindo, você está ótimo e você está fisicamente e emocionalmente limpo! Chegou a hora de começar o dia! Antes de sair de casa, por que não recitar mais um mantra que signifique algo para você? Você pode até escrevê-lo atrás da porta para lê-lo em voz alta antes de sair. Um exemplo poderia ser:

“Estou perfeitamente bem. Amo a mim mesmo e aos outros. Hoje será um dia magnífico e conquistarei tudo que planejei com um sorriso no rosto e amor no coração. Este dia é único e o iniciarei com gratidão, amor e com o entusiamo de uma criança. A minha vida é maravilhosa!”

Experimente fazer isso por uma semana e verá como as coisas melhorarão para você. Até a sua motivação para o trabalho será diferente!

Artigo extraído do site Motivation Grid. Escrito por Louise Corbett.

Traduzido por:

WaysUpCoaching
Susi Wayne Lopes
Redatora e Tradutora – Ways up Coaching

 

_____________________________

Conteúdo relacionado:
Os 10 países do mundo onde o trabalho é mais feliz
constructionworker

10 músicas para começar bem um dia de trabalho

#WaysUpCoaching_Ouvir_musica

Gostou? Compartilhe:

 

botão newsletter

 

Curta nossas redes sociais:

Como se manter motivado em tempos de crise

Em tempos de crise, a pressão no trabalho aumenta, o talento é questionado, as perspectivas de crescimento profissional ficam distantes e um clima ruim se instala nos escritórios, gerando demissões e decisões difíceis. A questão é: Como enfrentar?

Existem duas possíveis opções: deixar o pessimismo tomar conta ou reagir!

Este artigo é para aqueles que preferem o segundo caminho. “Os tempos não estão fáceis, mas isso não é uma desculpa para se abater. As pessoas não podem assumir uma postura conformista, devem enfrentar a situação”, afirma Walter Schalka, presidente da Suzano.

Não se trata de adotar uma atitude ingênua, mas de encarar a realidade e fazer o seu melhor. Aproveitar, também, para mostrar as habilidades que momentos de crise exigem: resiliência, capacidade de improvisar e coragem de arriscar.

A atitude positiva ajuda os profissionais a se destacar e colher os frutos quando a crise passa. “Manter a motivação é fácil quando tudo está bem. Quem tiver essa postura agora será reconhecido”, diz José Cláudio Securato, da Saint Paul, escola de negócios de São Paulo.

Segundo a consultora carioca Patricia Cotton: “Nesses momentos, surge com mais facilidade o ciclo do tédio, composto de três fases. A primeira é a felicidade diante do novo, quando alguém acaba de ser promovido ou muda de emprego e fica feliz em ter de se adaptar a uma realidade diferente. A segunda é a sensação de estagnação, quando tudo começa a funcionar normalmente e as pessoas sentem que estão entrando em uma zona de conforto. A terceira é o tédio de fato, quando o desânimo toma conta. Em um ano em que pouca coisa acontece, é grande o risco de cair na apatia de esperar passivamente as coisas melhorarem.

O antídoto para esse problema é a transformação. “As pessoas ficam infelizes porque se deixam levar pela inércia”, explica Patricia, que deixou sua carreira em marketing de empresas como PDG, Beleza Natural e Globosat e foi estudar o ciclo do tédio na Berlin School of Creative Leadership (Alemanha).

A lição mais importante para quem quer ter uma vida diferente é manter a disciplina na transformação. A transformação não precisa ser radical. É importante, aliás, manter seus alicerces para não se desestruturar.

“A mudança é como a acupuntura: ninguém coloca agulhas no corpo todo para resolver um problema, primeiro você precisa descobrir qual é o ponto estratégico para mudar o sistema.” afirma Patricia.

E esse ponto estratégico pode ser algo simples, como uma mudança de atitude no modo como encara os problemas, uma guinada na rotina para ter mais qualidade de vida ou um ajuste fino na carreira para encontrar o verdadeiro propósito.

Pense diferente

O cenário está mais complicado e desafiador. Quanto antes você se der conta e começar a pensar em soluções e novas maneiras de agir, menos doloroso será o processo de adaptação.

Com o dinheiro mais curto, as empresas ficam atentas para quem consegue propor inovações (e, principalmente, redução de custos). “O desafio é sair da mesmice e atuar de maneira mais criativa”, diz Adriana Prates, presidente da Dasein Executive Search, empresa de recrutamento de Belo Horizonte.

Invista energia naquilo que você tem o poder de mudar. “Se a perspectiva é faturar menos, o funcionário deve pensar em maneiras de ganhar produtividade, por exemplo”, diz Mariane Guerra, vice-presidente de RH da ADP, empresa de São Paulo especializada em gestão de pessoas.

Mas tome muito cuidado, o custo do erro costuma ser alto durante esses períodos. As novas ideias devem ser embasadas em pesquisas profundas e consistentes. Corra riscos calculados. “Caso a ideia dê errado, pelo menos será possível ter argumentos de que era a hipótese mais acertada no momento”, afirma Adriana.

Busque a sabedoria

Não será a primeira vez que o Brasil passará por um período difícil. Muito pelo contrário. Cole nos profissionais experientes e aprenda com eles as estratégias, os argumentos e os truques que funcionam em fases de baixo crescimento. Aliás, num mundo que está saindo de uma crise internacional, há casos de superação em toda parte. Vale pesquisar histórias de quem superou alguma crise. Converse e aprenda.

Se o dia a dia está pesado e os problemas não param de surgir, mantenha a motivação pensando no futuro. A crise vai passar uma hora, pense nas boas coisas que poderão ocorrer. Tudo isso sem perder o foco no presente, pois o trabalho precisa ser entregue.

Mantenha a calma

Em momentos de crise, a pressão aumenta e os ânimos se exaltam. A ameaça de demissão e as deslealdades de colegas aparecem com maior frequência. Tente controlar a ansiedade.

Na hora do nervosismo, o cérebro não funciona direito, o que piora a qualidade das decisões tomadas. “Uma situação estressante faz as pessoas agirem com emoção”, afirma Camila Pires, diretora da Rede Indigo, empresa de desenvolvimento humano do Rio de Janeiro. “Precisamos analisar as situações com base em fatos, e não em suposições e percepções.”

Resista ao baixo-astral

Sim, haverá momentos de desânimo em várias ocasiões este ano. Mas evite que os pensamentos negativos fiquem o tempo todo em sua cabeça. “Não é para exagerar no otimismo e se tornar uma pessoa alienada”, diz Pamela Magalhães, psicóloga de São Paulo. Só que não adianta mergulhar nas possibilidades negativas desconsiderando seu trabalho e seu potencial. “Encontre o gatilho que desencadeia o pessimismo e busque apoio, interno e externo, para lidar com a situação”, diz Camila, da Rede Indigo.

Jogue com lealdade

Em tempos de apreensão e insegurança, é natural que a competitividade aumente — todo mundo quer mostrar que é indispensável. Mas uma rivalidade excessiva com os colegas piora o clima, que já está ruim. Seja realista, faça um bom trabalho, mas cuide para não deixar o medo de perder o emprego transformá-lo em uma pessoa ruim. “Faça uma gestão pela esperança, não pelo medo, e não espere que seu chefe seja o fio condutor disso, pratique no dia a dia”, afirma Adriana.

As empresas têm valorizado pes­soas que, independentemente do cargo que ocupam ou do crachá, conseguem unir as equipes e proporcionar um clima agradável — principalmente em épocas difíceis.

Olhe para os lados 

Muita gente tende a tomar os próprios sentimentos como referência. Trata-se de uma má leitura do ambiente. É preciso tirar o viés pessoal das análises racionais. Faça um esforço para enxergar, de fato, o que ocorre na empresa e no mercado. Isso amplia as possibilidades e suas referências. Se seu chefe está pessimista, busque inspiração em pessoas que pareçam acreditar mais que as coisas poderão dar certo.

Evite comentários negativos

O cenário é difícil, mas ficar o tempo todo dizendo que vai dar tudo errado, além de ser chato, contamina o ambiente e amplifica o pessimismo, que só vai prejudicar ainda mais a produtividade. “Diante de um problema, as pessoas só pensam no sofrimento, e nada é criado”, diz a psicóloga Pamela.

Cuide da saúde

O momento atual exige esforço e dedicação, mas sem deixar a vida pessoal de lado. Por mais estressantes que os dias de trabalho estejam, não descuide de sua saúde e de sua vida afetiva.

A falta de sono, o estresse e o sedentarismo diminuem a produtividade e aumentam a incidência de doenças. E não dá para ficar com a disposição em baixa quando a empresa mais precisa que você trabalhe no auge de sua capacidade.

Seja mais produtivo 

Períodos de instabilidade exigem produtividade alta. É hora, então, de analisar os problemas que prejudicam sua eficiência e fazer ajustes para solucioná-los. “É preciso entregar mais e não ficar se justificando porque não fez”,  Adriana.

Quem se destaca são os que mostram capacidade de fazer mais. Entregar bons resultados é a melhor estratégia para ter visibilidade — e fugir da demissão. Tente se planejar e fazer uma gestão de risco sobre suas entregas. “Não deixe o mais difícil para o final.”

Improvise

Em períodos de instabilidade, o trabalho e as demandas mudam muito. Por isso, é preciso ser flexível no modo de agir e acreditar que o que ficou para trás ficou. “Vale a lei de que não são os mais inteligentes que sobrevivem, mas os que se adaptam melhor”, diz Irene, da LHH|DBM, do Rio de Janeiro.

Artigo extraído e adaptado do site Exame.com.

_____________________________

Conteúdo relacionado:
Os maiores inimigos da motivação

motivation-writing (2)

Aumentando sua autoestima em 3 etapas

#WaysUpCoaching_Happy-person-eating

4 maneiras de treinar sua mente para o sucesso

O domínio e desenvolvimento da sua mente depende única e exclusivamente de você. Para treinar sua mente e se tornar mais produtiva, eficaz e envolvida no trabalho existem algumas dicas simples:

1. Planeje o seu dia
A melhor maneira de treinar o seu cérebro para todas as atividades que ele deve cumprir é planejar os seus dias com antecedência. Franklin Covey sugere que esse planejamento seja semana. Assim, você pode acordar despreocupado pois seus compromissos estarão todos agendados.

2. Mantenha a mente focada
A falta de foco é muito comum. Você precisa manter a sua mente focada em coisas importantes. Para facilitar, você pode estabelecer metas e prioridades. Essa prática é muito poderosa e você pode desenvolvê-la ao longo do seu dia.

3. Seja realista
Para atingir o sucesso, você precisa desejar coisas plausíveis. Se as suas metas são impossíveis de alcançar, você provavelmente não vai conseguir atingir seus objetivos.

4. Experimente coisas novas
Procurar desafios é uma ótima oportunidade para aprender com as mudanças. Nem tudo na vida é estável, e situações inusitadas e desafiadoras são ótimos treinamentos para o cérebro.

Artigo extraído e adaptado do site Universia Brasil.

_____________________________

Conteúdo relacionado:
Pensamento positivo: Aprenda 4 dicas para dominar o poder da mente

Vector businessman meditating in flat style

Aprendizagem e mudança de hábito

382966_c5db

Chefes com perfil de ‘coach’ motivam e melhoram desempenho da equipe no trabalho

Pesquisa da Robert Half com seis mil executivos de 12 países, entretanto, mostra que mais da metade dos líderes exerce mal esse papel.

Ser treinado pelo próprio chefe é sonho de quase todo profissional. Nova pesquisa global da Robert Half, líder mundial em recrutamento especializado, revela, no entanto, o desencontro entre os chefes coaches de carreira e suas equipes. De acordo com o levantamento que ouviu seis mil profissionais de 12 países, aproximadamente oito em dez (78%) funcionários apontam que o coaching de carreira por parte do gestor direto contribui para melhorar o desempenho no trabalho, porém apenas 56% sentem que chefes são eficientes nessa tarefa — o Brasil lidera este índice com 77%.

Apesar do claro desejo de colaboradores em ter chefes hábeis em coaching de carreira, quase um terço (29%) em todo o mundo afirma não receber nunca coaching de carreira dos gestores, enquanto um quinto (20%) tem a oportunidade apenas uma vez por ano. No Brasil, no entanto, segundo 70% dos entrevistados o coaching de carreira é feito pelo gestor ao menos uma vez por mês, sendo que 32% faz semanalmente e outros 14% diariamente.

Na média global, os profissionais acreditam que conhecimento e experiência (35%) bem como confiança mútua e respeito (33%) são os principais atributos de um coach de carreira. No Brasil as duas características também aparecem como as preponderantes.

A Robert Half padronizou quatro estilos de coach com as respectivas características e os passos para que os coaches possam tirar o máximo de suas relações com as equipes.

Coach clássico
Eficiência é o segredo do sucesso para este tipo de gestor. O coach clássico toma decisões difíceis de forma rápida e com confiança. Ele vai direto ao assunto e não tende a se envolver em conversa fiada. Este coach tem prazer em assumir o controle, mesmo sob pressão ou prazos, e define padrões elevados para a equipe. Como tende a focar mais em resultados que em brincadeiras, ele pode, às vezes, passar por impessoal ou exigente.

Coach colaborativo
Priorizar o time é o que mais importa e trabalho em equipe é a estratégia vencedora para este tipo de gestor. Evita dizer aos outros o que fazer e tenta ajudar os indivíduos a encontrar seu próprio caminho. O coach colaborativo tem excelentes competências para ouvir e compartilhará sua própria opinião somente quando solicitado. Chefes deste tipo se destacam quando processos de organização após as funções foram claramente definidos e combinados. Sem orientações estabelecidas, esse tipo de gestor terá de se esforçar demais para cumprir os objetivos.

Coach inspirador
“Atingir novos patamares” poderia ser o lema deste coach. Este tipo de gestor inspira os empregados a alcançar mais do que pensavam que eram capazes de fazer e sempre propõe ideias criativas. Este coach tipicamente se relaciona bem com as pessoas e tem uma grande variedade de contatos. Enquanto este indivíduo tende a ser ótimo em inspirar a equipe, ele também pode, às vezes, assumir mais projetos do que é possível.

Coach analítico
“Planejar o futuro” poderia ser o título da cartilha deste coach. Os coaches analíticos são líderes estáveis, que pensam sistematicamente e têm olho clínico para detalhes. Eles são especializados em evitar erros, duplicações e redundâncias e são conhecidos por sua capacidade de garantir que tudo esteja funcionando com 100% da capacidade. No geral eles favorecem abordagens previsíveis, organizadas e não gostam de surpresas. Por isso, é melhor dar a esse gestor o máximo possível de prazo de entrega quando propuser de mudanças.

A Robert Half dá dicas para líderes de equipe que desejam melhorar o sucesso como coaching: o coaching é parte da responsabilidade de um profissional sênior. Reserve sempre tempo na agenda para se comunicar com a sua equipe; aproveite o teste para descobrir o seu estilo de coaching e alinhe suas qualidades às personalidades de sua equipe: quem responderá melhor a cada uma das qualidades?
aceite que você pode ter de ajustar alguns de seus comportamentos para atender necessidades individuais; reconheça que coaching é mostrar como se faz e não apenas dizer como se faz. É importante ser um modelo efetivo, na prática; procure por inspiração nos recursos disponíveis ao seu redor: o seu chefe ou o responsável pelo RH ficará contente em poder ajudá-lo.

Texto extraído do artigo publicado originalmente no site da Robert Half (Leia na íntegra)

_____________________________

Conteúdo relacionado:
Os desafios de migrar da carreira técnica para a de gestão

Desenvolva sua liderança com a Ways up Coaching

 

 

 

10 músicas para começar bem um dia de trabalho

Uma sessão musical de 5 a 10 minutos antes do expediente é excelente para a produtividade.

Artigo publicado originalmente na Exame.com

Sem música, dizia o filósofo alemão Friedrich Nietzsche, a vida seria um erro.

Para a neurocientista Carla Tieppo, professora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, alimentar os ouvidos é de fato um grande acerto – inclusive para a produtividade.

A música traz duas grandes vantagens: relaxa o cérebro e mexe com as emoções. Se você fizer escolhas estratégicas, pode usar esse poder para sentir o que quiser, explica Carla.

Por isso, se você busca motivação e bem-estar para começar um novo dia de trabalho, prepare os fones.

Segundo a professora, uma sessão musical de 5 a 10 minutos antes do expediente é o suficiente para reduzir o excesso de estímulos externos, combater a ansiedade e deixar a mente preparada para os compromissos do dia.

“A música atua sobre o hemisfério não-linguístico do cérebro, que costuma ser pouco exercitado na rotina”, diz Carla. “Como mexe em lugares que ficam adormecidos normalmente, o som melódico traz muito prazer para o cérebro”.

O efeito de relaxamento é potencializado se você associar a música a algum exercício de respiração. Uma técnica simples sugerida pela neurocientista é expirar no dobro do tempo da inspiração: puxe o ar para dentro por 3 segundos, por exemplo, e o solte em 6.

Segundo Carla, essa forma de respirar é similar à que adquirimos durante o sono – e também é o extremo oposto do ritmo curto e frenético desencadeado pela ansiedade. “O que você diz para o seu corpo, quando aprofunda a sua respiração, é que está tudo bem”, diz.

O que ouvir?
De acordo com Artur Zular, presidente da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática, pequenas sessões musicais pela manhã fazem grande diferença para o rendimento no trabalho, mas não existe um ritmo ou gênero ideal para o momento.

A música clássica, contudo, é uma ótima pedida para tudo que diz respeito ao bem-estar. Segundo pesquisadores da Universidade de Helsinque, na Finlândia, escutar obras eruditas com frequência diminui o risco de contrair doenças neurodegenerativas, como mal de Parkinson e demência senil.

O gênero também é o mais usado em processos terapêuticos em hospitais. “Inúmeros estudos mostram uma correlação entre a música clássica e a aceleração da melhora na saúde dos pacientes”, diz o especialista.

Se você não é o fã mais ardoroso de Mozart ou Bach, não é (tão) grave: o segredo é escutar o gênero musical de que você mais gosta. Dentro do seu estilo favorito, o ideal é priorizar o repertório mais leve e positivo possível para escutar pela manhã.

“Se você escuta uma canção de que gosta muito, são produzidas substâncias como a dopamina e a endorfina, que ajudam na motivação, na concentração e na sensação de bem-estar”, explica Zular.

A playlist do canal da EXAME.com no Spotify lista 10 músicas sugeridas pelo médico para começar um dia de trabalho com o pé direito.

Artigo de Claudia Gasparini, publicado originalmente na Exame.com.

_____________________________

Conteúdo relacionado:
Como alcançar – e manter – a felicidade, segundo psicólogo

[ File # csp1728020, License # 1470751 ] Licensed through http://www.canstockphoto.com in accordance with the End User License Agreement (http://www.canstockphoto.com/legal.php) (c) Can Stock Photo Inc. / Andres

 10 hobbies que deixarão você mais inteligente

#WaysUpCoaching_Paris

Gostou? Compartilhe:

 

botão newsletter

 

Curta nossas redes sociais:

10 hobbies que deixarão você mais inteligente

Há uma visão geral de que não podemos fazer muito para ampliar nossa inteligência. Quase sempre se acredita que ser inteligente ou não é algo determinado ao nascermos e não há nada que possamos fazer a respeito. Contudo, essas concepções são falsas. Enquanto algumas pessoas possuem patologias que impedem o aumento de seu nível intelectual, para a maioria, existem milhares de coisas que podem ser feitas para se tornarem mais espertas.

Hobbies são parte importante de nossas vidas e, uma vez desenvolvidos, vemo-nos imersos diariamente neles, são divertidos, revigorantes e podem ter grande influência em nossa inteligência. Abaixo são listados 10 hobbies que lhe tornarão mais esperto, todos respaldados em estudos e experimentos científicos:

1. Tocar um instrumento musical.
Confúcio disse: “Música produz um tipo de prazer que a natureza humana não pode viver sem”. A música estimula o cérebro e isso foi comprovado por pesquisas. Música tem o poder de provocar emoções e estados psicológicos complexos. Vários pesquisadores têm mostrado que tanto ouvir música quanto tocar um instrumento aumenta a capacidade de memorização. Tocar um instrumento musical também trabalha paciência e perseverança, pois leva tempo e esforço para aprender, além de afinar a concentração.

2. Ler.
Ler vai muito além de aumentar seu nível intelectual, ainda mais se você ler vorazmente sobre assuntos diversos, desde ficção e biografias a antologias. Ler reduz o estresse, ajuda a experimentar emoções múltiplas e ensina sobre vários conteúdos. Todos esses fatores ajudam a pessoa a sentir-se melhor sobre si mesma. Estar em paz consigo mesmo é uma das bases mais importantes do bem-estar. Ler é muito importante para elevar seu conhecimento sobre um assunto, preparando-lhe para todas as situações e para ser mais produtivo quanto ao alcance dos seus objetivos.

3. Meditar regularmente.
O principal benefício da meditação é ajudá-lo a concentrar-se em si mesmo e conhecer-se verdadeiramente. Envolver-se em meditação ajuda a transcender para um estado elevado. A meditação reduz os níveis de estresse e a se desligar de todas as preocupações. Com um estado mental calmo e sereno, obtido por meio da meditação, você poderá aprender, pensar e planejar coisas de maneira bem mais eficaz. A meditação regular auxilia no controle sobre si. Estar atento às distrações e aos métodos eficientes de autocontrole é extremamente importante para o aperfeiçoamento da inteligência.

4. Exercitar o cérebro.
Assim como você precisa praticar exercícios físicos regularmente para manter seu corpo em forma, você também precisa exercitar seu cérebro para mantê-lo em boas condições. Desafiar o cérebro regularmente, fazendo coisas novas, aumenta suas habilidades e ajuda a mantê-lo afiado. Você pode exercitar seu cérebro de várias maneiras como: sudoku, quebra-cabeças, jogos de tabuleiro e charadas. Todas essas atividades ajudam o cérebro a continuar formando novas ligações. Por meio de atividades assim, você pode aprender a responder a situações de maneira criativa, desenvolver a habilidade de ver as coisas de diferentes perspectivas e tornar-se significantemente mais produtivo.

5. Praticar exercício físico.
Um corpo saudável ajuda a assegurar um cérebro saudável. Até porque seu cérebro é como um músculo do seu corpo. Exercitar-se regularmente mantém seu cérebro e seu corpo funcionando como devem, reduz a tensão e contribui para uma boa noite de sono. Médicos afirmam que quanto melhor a circulação sanguínea no cérebro, melhor seu funcionamento e diversos estudos em ratos e humanos mostram que exercícios cardiovasculares podem produzir novos neurônios e, portanto, melhorar toda a performance do cérebro.

6. Aprender um novo idioma.
Aprender um novo idioma pode não ser uma tarefa simples, mas definitivamente oferece inúmeras vantagens; torná-lo mais esperto é uma delas. O processo de aquisição de uma nova língua envolve atividades como análise de estruturas gramaticais e descoberta de novas palavras, o que aumenta sua inteligência e saúde cerebral. Também está empiricamente provado que pessoas com níveis elevados de inteligência linguística são ótimas para planejar, tomar decisões e resolver problemas.

7. Registrar seus sentimentos.
Há milhares de benefícios que você pode receber ao escrever, até mesmo aumentar seu nível de inteligência. É certo que escrever amplia suas habilidades linguísticas, é claro, mas também ajuda a desenvolver a concentração, a criatividade e a compreensão. Escritores são geralmente conhecidos por terem níveis intelectuais muito altos. Você pode escrever de diversas maneiras, em um diário ou em um blog online, seja como for, estará dando palavras às imagens da sua mente. Aprender a se expressar de forma clara é uma ótima maneira de dar um boom na sua inteligência.

8. Viajar para novos lugares.
Viajar não é apenas uma maneira de matar o tédio, é muito mais que isso, viajar pode realmente aumentar sua inteligência. Os exercícios físicos e mentais envolvidos em uma viagem livram sua mente do estresse. Assim você está mais apto a focar-se em tarefas, observações e a intensificar sua compreensão sobre as coisas. Cada lugar novo que você conhece oferece novas aprendizagens. Pessoas, culinárias, culturas, estilos de vida e sociedades diferentes colocam-no em contato com ideias sobre as quais você nunca havia pensado antes.

9. Preparar receitas diferentes.
Muitos de nós sentimos que cozinhar é uma perda de tempo, algo que queremos evitar a todo custo, mas ao invés de reclamarmos, deveríamos nos sentir felizes quando tivermos a oportunidade de cozinhar. Cozinheiros, especialmente aqueles que experimentam uma variedade de pratos, são altamente criativos, comprometidos com a qualidade, não têm medo de tentar coisas novas e prestam bastante atenção aos detalhes. Sempre que você prepara algo, está aprendendo a fazer várias tarefas ao mesmo tempo (multi-tarefas), a medir com precisão e a tomar decisões rapidamente. Com todas essas habilidades, você com certeza ficará mais esperto.

10. Praticar esportes regularmente.
Participar ativamente de esportes não exercita apenas os músculos, mas também o cérebro. A prática esportiva regular torna o cérebro mais flexível e melhora sua saúde mental. O envolvimento em esportes também aumenta a capacidade de resposta, a coordenação, a aptidão e a convicção. Os melhores atletas são conhecidos por possuírem um tipo especial de inteligência. Não importa se você joga futebol, basquete ou críquete, considere estar envolvido regularmente em algum esporte e amplie sua inteligência.

Defina uma meta para si mesmo:
“A vida às vezes é difícil, mas quando eu supero mais desafios, eu me torno mais forte, por isso vou abraçá-los.”

Autor: Nabin Paudyal
Nascido no colo do Himalaia, na bela nação nepalesa, Nabin é o fundador do site PhotoGaatha.com. Ele é apaixonado por música, futebol, literatura, computadores e cinema. Sua filosofia é criar coisas novas ou tornar melhores as coisas existentes.

Artigo publicado originalmente em Lifehack.com

Tradução e adaptação:
WaysUpCoaching
Susi Wayne Lopes
Redatora e Tradutora – Ways up Coaching

 

_____________________________

Gostou? Compartilhe:

botão newsletter
Curta nossas redes sociais:
Conteúdo relacionado:
5 filmes sobre como enfrentar crises no trabalho

carregar_9_3_2017_as_10_44_18

 

12 hábitos de final de semana das pessoas mais bem sucedidas

BlogFinaldeSemana#waysupcoaching

O corpo humano dá dicas para ter boa produtividade

Independentemente, do perfil de cada pessoa, existem alguns padrões na fisiologia humana — como o famoso soninho depois do almoço — que se aplica para a maioria. E o chefe que conhece um pouco mais como funciona o corpo humano vai obter algumas vantagens na gestão de seus times — e, consequentemente, na entrega de resultados.

“Quanto mais você respeita os processos biológicos, melhor é para o indivíduo e para a qualidade de sua produção”, afirma José Cipolla Neto, professor de fisiologia do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP).

Olhos

Quem adora apresentações em PowerPoint com muitos efeitos visuais deveria repensar o recurso. O uso de flashes pode acarretar estresse visual, atrapalhando a absorção do conteúdo. Estimular os funcionários a fazer pequenas pausas também é uma medida que previne a popular “vista cansada”, responsável pelas fortes dores de cabeça. “A cada duas horas de uso contínuo de computador, é recomendável descansar entre dez e 15 minutos”, diz Jorge Miltre, oftalmologista do Hospital de Olhos de São Paulo — Hosp.

Boca / Cordas vocais

Criar espaços para comunicação é uma medida que, além de demonstrar transparência na gestão, pode trazer grandes benefícios neurológicos. “Deixar as pessoas falar e escutá-las com paciência ajuda na liberação da dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer, no circuito cerebral de recompensa”, afirma Fernando Gomes Pinto, professor livre-docente de neurocirurgia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Estômago

Nem pense em agendar uma reunião ou um treinamento depois do almoço. Como o gasto energético do corpo está focado na digestão, a pessoa sente sonolência. “As refeições mais completas têm uma carga proteica e de gordura maior, o que deixa o processo de digestão lento, causando sensação de sono e dificultando o raciocínio”, afirma Cylmara Gargalak Aziz, gastropediatra do Hospital São Luiz em São Paulo.

Por outro lado, também não é indicado marcar a atividade quando o estômago está vazio. O ideal é priorizar as primeiras horas do dia — sem esquecer, é claro, das comidinhas leves ao longo do expediente. “Quem faz grandes intervalos entre as refeições corre o risco de sentir dor de estômago, o que pode evoluir para uma gastrite”, diz Sonia Trecco, nutricionista-chefe do Instituto Central do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Cérebro

De manhã, o corpo sofre um aumento do nível dos hormônios responsáveis por oferecer energia e vitalidade, como o cortisol e a insulina. “Eles vão diminuindo com o passar das horas, por isso muitas pessoas sentem menos disposição no período da tarde”, diz Osmar Monte, endocrinologista e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Por esse motivo, é recomendável agendar reuniões nas primeiras horas do expediente.

E nada de encontros demorados, porque a maioria é capaz de manter a atenção até aproximadamente 50 minutos. Nos treinamentos, o ideal é que o RH crie situações em que os participantes vivenciem o conteúdo apresentado. “O sistema nervoso aprende por acerto e erro”, diz Carla Tieppo, pesquisadora na área de neurociências. “Se a pessoa recebe informações, mas não as coloca em prática, elas serão esquecidas.”

Coluna

As dores nas costas costumam ser uma das principais vilãs do absenteísmo nas empresas. Isso porque é comum no ambiente de trabalho o funcionário permanecer um longo tempo na mesma posição, em pé ou sentado. “A dica é fazer alterações sutis de movimento para evitar a sobrecarga da região lombar”, afirma Elder Camacho, fisioterapeuta-chefe da equipe Equilíbrio Fit & Fisio, clínica especializada em coluna, em São Paulo. No intervalo de 50 minutos a duas horas, também se recomenda circular pelo escritório não só para relaxar a mente mas também para aliviar a tensão do corpo.

Útero

Não é machismo, mas as mulheres costumam ser emocionalmente mais sensíveis do que os homens. Quando estão no período de tensão pré-menstrual, essa característica fica mais acentuada, pois aumenta o nível de estrogênio e progesterona. Além disso, a taxa de serotonina, neurotransmissor relacionado à regulação do humor, é menor no sexo feminino. Já que você não vai saber exatamente quando suas funcionárias estão nessa fase, é melhor reservar as conversas delicadas para a manhã. “O melhor horário para discutir um assunto difícil é entre 10 e 13 horas, quando o nível de serotonina ainda é alto”, afirma o ginecologista e obstetra Eliezer Berenstein.

Músculos

A ginástica laboral é uma prática disseminada em várias empresas e deve ser feita, preferencialmente, no período da manhã e no fim do dia. Um exercício de 15 minutos já é suficiente. O mais importante, no entanto, é realizar séries de alongamento específicas para cada grupo. “Quem passa muito tempo em pé pode desenvolver problemas vasculares, por isso a atividade deve ser direcionada para as pernas”, diz o fisioterapeuta Elder Camacho.

Artigo publicado originalmente na Exame.com.

_____________________________

Conteúdo relacionado:
5 dicas para um dia mais produtivo e feliz!

Equilíbrio e performance_menor

 

Gostou? Compartilhe:

 

botão newsletter

 

Curta nossas redes sociais: