A importância da linguagem corporal na autoconfiança

Convido você a parar tudo o que estiver fazendo e reparar na sua postura neste exato momento. Como você está sentada? Como estão seus pés e a posição dos seus braços? Sua expressão facial transmite autoconfiança? Ou desespero, cansaço, tédio?

Se alguém a visse agora, quais opiniões poderia formar com base na sua expressão corporal?

A maneira com que nos portamos traz um grande impacto na impressão que as pessoas têm de nós.

Sabia que a linguagem corporal também influencia a forma com que nos enxergamos?

Por exemplo: Você já viu um atleta cruzando a linha de chegada em primeiro lugar? Os braços para cima, o peito empinado, aquele ar de vitória e poder!

Agora imagine aquele dia em que você está superestressada e ainda não se sente preparada para aquela reunião no trabalho.

Quando não nos sentimos bem, tendemos a nos encolher, em busca de sentir protegidas, passando aquela imagem de medo e submissão.

De acordo com a psicóloga e professora da Universidade de Harvard, Amy Cuddy, as mulheres demonstram maior timidez. Nós, com frequência, nos sentimos menos poderosas que os homens e acabamos refletindo essa imagem em nossa linguagem corporal.

Pesquisas recentes das Universidades de Harvard, Oregon e Texas revelam que as grandes lideranças, além de dividirem mentalidades semelhantes, possuem níveis hormonais semelhantes!

Geralmente, essas pessoas possuem níveis mais altos de testosterona e mais baixo de cortisol.

O hormônio da testosterona está ligado ao sentimento de poder, tanto em homens quanto em mulheres. A baixa presença de cortisol no nosso corpo diminui a ansiedade, melhorando a capacidade do nosso corpo em lidar com o estresse.

Resumindo: níveis corretos de hormônios fazem com que você se sinta menos estressada, mais confiante e poderosa!

Como a linguagem corporal tem influência na sua autoconfiança?

Com o gerenciamento da linguagem corporal, conseguimos controlar a nossa postura em determinadas situações, enviando mensagens positivas ao nosso cérebro que reforçarão a presença de sentimentos positivos e a confiança.

Além disso, você consegue melhorar a própria comunicação alinhando o seu discurso com o que o seu corpo fala. Com isso, você irá aprimorar as relações e interações pessoais e, de quebra, desenvolver a autoconfiança por meio da postura corporal, controlando melhor seus sentimentos ao se apropriar de todas as formas de comunicação.

Será que poderíamos educar o nosso corpo para que possamos refletir uma imagem mais confiante?

Confira estas dicas:

  • Mantenha a coluna ereta

Manter a postura alinhada e reta reflete e ajuda nosso estado de espírito, transmitindo maior confiança e equilíbrio. Além disso, você evita dores musculares, na coluna e no pescoço. E mais: isso a ajuda a respirar melhor, já que essa posição dá uma maior abertura às vias aéreas, garantindo a respiração correta. Já levante os ombros AGORA e estique a sua coluna!

  • Pratique o “power posing” todos os dias

Amy Cuddy afirma que a prática da nossa expressão corporal, aliada às poses de poder (power posing), faz com que você se sinta mais poderosa e confiante!

Essa pose também é conhecida como “pose da mulher maravilha”! Se trata de ficar em pé, peito estufado, cabeça erguida e mãos nos quadris! Tente ficar nessa posição alguns minutos do seu dia e, se conseguir combinar essa pose com exercícios de respiração, isso lhe trará ótimos resultados!

  • Sorria mais

Sorrir tem um poder enorme para nos acalmar e liberar endorfina no nosso cérebro, nos deixando mais felizes, neutralizando os hormônios do estresse!

Logo quando acordar vá em frente do espelho e pratique o seu sorriso! Tente sorrir o mais natural possível.

  • Preste atenção nos seus braços e pernas

Cruzar os braços sugere que você se sente insegura ou fechada. Cruzar as pernas longe de outra pessoa pode sugerir desconforto com a situação ou então que você não gosta da pessoa.

Tocar os dedos e ficar com as pernas inquietas pode sinalizar que você está entediada, impaciente ou frustrada.

Mãos atrás das costas pode trazer uma impressão de que você está entediada, com raiva ou ansiosa.

Por isso, preste atenção nos seus sentimentos e na forma com que essas partes do corpo estão demonstrando o que você está sentindo. Com isso será possível gerenciar melhor qual imagem você quer passar em determinada situação.

  • Finja até conseguir

Se você quer ser uma profissional de sucesso, autoconfiante, segura, por exemplo, comece a agir como uma… se vista como uma, fale como uma!

Escolha uma pessoa que você tenha como referência, admire-a e comece a imitá-la.

Finja que você é aquela pessoa que quer ser… até que não precise mais fingir, porque já será a mulher de sucesso que deseja.

 

A autoconfiança é algo que podemos alcançar! Basta termos paciência e buscar desenvolvê-la todos os dias como um hábito. A linguagem corporal pode ajudá-la muito nesse processo!

Aceita o desafio?

Equipe WaysUp!

Gostou? Compartilhe:

botão newsletter
Curta nossas redes sociais:

 

Conteúdo Relacionado